top of page
  • Rofer Eventos

JBS duplica capacidade de produção de biocombustível


A JBS Biodiesel informou na segunda-feira (04) que duplicou sua capacidade de produção de biodiesel com a inauguração de uma fábrica de biocombustível em Mafra (SC).

A empresa investiu R$ 180 milhões na nova planta, a terceira em operação da JBS Biodiesel, que usará como matéria-prima óleo de fritura recuperado e o óleo de soja proveniente do esmagamento do grão para a produção de farelo que alimenta aves e suínos.

“Com isso, a companhia fortalece a diversificação das fontes de matéria-prima, uma vez que, hoje, é a maior produtora mundial verticalizada de biodiesel a partir de sebo bovino”, disse a JBS em comunicado.

A nova fábrica tem uma área total de 76 mil metros quadrados e capacidade de produção de 370 milhões de litros por ano. Com essa nova planta, a JBS eleva sua capacidade total de produção de biodiesel para 720 milhões de litros por ano.

A operação da fábrica deverá gerar até 400 empregos diretos e indiretos na região oeste catarinense.

“Os biocombustíveis têm um papel importante na matriz energética brasileira, e o biodiesel tem um grande potencial de crescimento no país”, disse o diretor Comercial da JBS Biodiesel, Alexandre Pereira.

“Com esse novo investimento, reforçarmos a importância da economia circular para os nossos negócios e agregamos valor para os resíduos de nossas operações, contribuindo para o desenvolvimento sustentável.”

O investimento está em linha com o compromisso da JBS de se tornar Net Zero, zerando o balanço de emissão de gases causadores do efeito estufa, em 2040.

A JBS disse que escolheu a cidade de Mafra para construir a fábrica por ter fácil acesso aos modais ferroviários e rodoviários, pela proximidade à Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), uma das principais unidades de mistura e distribuição de diesel do país, e acesso rápido ao Porto de Paranaguá, no Paraná.

Fonte: Carnetec

Comentários


bottom of page