• Rofer Eventos

Reunião presencial da ABRA com o Presidente da Apex-Brasil alinha futuras ações do projeto Brazilian


O Presidente Executivo da ABRA, Decio Coutinho e o Gestor de Mercado Externo, Juliano Hoffmann, participaram de uma reunião presencial com o Presidente da Apex-Brasil, Augusto Pestana, com o Chefe de Gabinete da Presidência, Igor Brandão e o Coordenador de Agronegócios da Apex-Brasil, Alberto Carlos Bicca. A reunião foi na quinta-feira (10/06), com a finalidade de alinhar as ações da ABRA e da Apex-Brasil no segundo semestre de 2021. Foi o primeiro contato da Associação Brasileira de Reciclagem Animal, com o novo de presidente da Apex-Brasil.

SOBRE A ABRA

É uma entidade representativa das indústrias de classe e sem fins lucrativos. Fundada em 2006, a ABRA reúne 80% das empresas do setor e trabalha para promover os seus associados, divulgar as ações voltadas para o segmento e fomentar a geração de negócios.

SOBRE A APEX-BRASIL

A Apex-Brasil atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira.


A Agência realiza ações diversificadas de promoção comercial que visam promover as exportações e valorizar os produtos e serviços brasileiros no exterior, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, e visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira, entre outras plataformas de negócios que também têm por objetivo fortalecer a marca Brasil.


A Apex-Brasil também atua de forma coordenada com atores públicos e privados para atrair investimentos estrangeiros diretos (IED) ao Brasil, com foco em setores estratégicos para o desenvolvimento da competitividade das empresas brasileiras e do país.

BRAZILIAN RENDERERS

Desde 2012 a ABRA e a Apex-Brasil promovem o Projeto Brazilian Renderers com o objetivo de fomentar as exportações do setor de Reciclagem Animal – farinhas, gorduras, gelatinas e hemoderivados de origem animal

Fonte: Assessoria de Comunicação ABRA Marcelo Lara, jornalista – Consultor de Comunicação